Dicas de Bem viver

You are currently browsing the archive for the Dicas de Bem viver category.

Sabe aquela plantinha que nasce fácil em qualquer lugar? Pois é, a carqueja é assim. Quem é do Sul, Sudeste e Centro do país sabe bem disso. Sempre tem um pé de carqueja ali no mato querendo aparecer. No litoral então, nem se fala!

Eu nunca dei muita bola para ela. Mas dias atrás, passei por um pezinho, nascido bem rente à janela da casa de amigos. E lá estava ele, todo florido. Parei para admirar a flor da carqueja, olha só:

Minúsculas flores de Carqueja

Minúsculas flores de Carqueja

WhatsApp Image 2017-07-31 at 7.46.04 PM

 

 

Resolvi então saber um pouco mais sobre essa plantinha que só conhecia de vista, no meio do mato, no cantinho de uma casa, como nome de bloco de carnaval (isso é sério! rsrs). E a minha surpresa foi saber de todas as propriedades da Carqueja. Na busca de informações confiáveis, encontrei no respeitado livro “Plantas Medicinais no Brasil” de Harris Lorenzi, conforme descrição a seguir:

“Essa planta é amplamente utilizada no Brasil na medicina caseira, hábito esse herdado de nossos indígenas que há séculos já faziam uso da mesma para o tratamento de várias doenças. O primeiro registro escrito do seu uso no país data de 1931, informando o emprego a infusão de suas folhas e ramos para o tratamento da esterilidade feminina e da impotência masculina e atribuindo-a propriedades tônicas, febrífugas e estomáticas. A partir dessa época, o seu uso aumentou, sendo empregado principalmente para problemas hepáticos (remove obstruções da vesícula e fígado), contra disfunções estomacais (fortalece a digestão) e intestinais (vermífugo). Algumas publicações populares a recomendam ainda para o tratamento de úlcera, diarreias, garganta inflamada, vermes intestinais, etc. É recomendado para afecções estomacais, intestinais e hepáticas, na forma de infusão, preparado adicionando-se água fervente a uma xícara (chá) contendo 1 colher (sopa) de suas hastes e folhas picadas, na dose de 1 xícara (chá) 3 vezes ao dia, 30 minutos antes das refeições. As diferentes propriedades atribuídas a esta planta na medicina tradicional vem sendo estudadas por cientistas e algumas já foram validadas como consequência dos resultados positivos obtidos.

As propriedades hepatoprotetoras, amplamente consagradas no uso popular, forma validadas num estudo farmacológico com animais em 1986 usando o extrato aquoso cru desta planta. As propriedades digestiva, antiúlcera e antiácida foram validadas num estudo com ratos, mostrando que esta planta reduziu a secreção gástrica e teve um efeito analgésico, antiúlcera e anti-inflamatório, foram mais uma vez comprovados por outro estudo. Um estudo clínico conduzido em 1967 mostrou a habilidade do extrato desta planta a redução dos níveis de açúcar no sangue, validando assim seu efeito hipoglicêmico”.

Arbusto de Carqueja

Arbusto de Carqueja

Foram catalogados diversos nomes populares da carqueja, muito variados inclusive: carqueja-do-mato, bacárida, bacórida, cacália, codamina, quina-de-codamine, tiririca-do-babado (na Bahia), carqueja-amargosa, carqueja-amarga, bacanta, carque, cacália-amarga, cacáia-amarga, vassoura (no Rio Grande do Sul) e vassourinha.

Pelo que pesquisei também, são três tipos de Carqueja: Baccharis trimera, Baccharis articulata e Baccharis uncinella, sendo as duas últimas mais encontradas no Sul do Brasil.

É ou não uma plantinha poderosa? Mais uma riqueza da natureza disponível para todos.

 

4 de Agosto de 2017 by Liliane | No comments

Ser Ecológico: Desligue os Aparelhos Eletrônicos!

Adotando pequenos gestos no seu dia-a-dia, você estará contribuindo para a economia dos recursos naturais.

A dica ecológica desta semana é propor que você desligue os aparelhos eletrônicos!

Desligue os aparelhos da tomada.

Desligue os aparelhos da tomada.

Mas desligue mesmo. Tire-os da tomada para não ficarem em modo standy-by.

Ao deixá-los em stand-by a energia continua a ser desperdiçada, sem um uso efetivo.

Desligando-os da tomada, você pode poupar em média até 20% de energia.

Faça o teste e apure-o no final do mês em sua conta de energia elétrica.

Bom para você e para o planeta!

 

Veja  também mais informações no link: http://www.espacoacademico.com.br/005/05mendes.htm

18 de Fevereiro de 2013 by Liliane | No comments

Clique no link abaixo e assista esta reportagem sobre uma ideia simples, inteligente e que não custa nada!

http://www.youtube.com/watch?v=mAshNt9hC_A

10 de Novembro de 2011 by Liliane | No comments

Afim de dividir informações importantes para quem tem interesse em ser cada dia mais sustentável e responsável por este planetinha, optei por chamar de “Dica Verde da Semana”  as informações trazidas pelo Livro Verde , de Elizabeth Rogers e Thomas M. Kostingen, que postei aqui há duas semanas. Cada semana uma dica interessante com informações quantitativas sobre o impacto causado pelas nossas ações diárias:

Tome um banho mais curto. Cada dois minutos que você economiza em seu  banho de chuveiro podem poupar cerca de 40 litros de água. E isso é cumulativo: se todos no país economizassem apenas 4 litros em seu banho diário, no final de um ano a água fresca economizada equivaleria a duas vezes o volume retirado dos Grandes Lagos.”

31 de Outubro de 2011 by Liliane | No comments

Achei interessante o texto que encontrei no site “Pensando Verde” sobre ter plantas dentro de casa para ajudar a reduzir os poluentes do ar.

samambaia

Algumas plantas como palmeiras, margaridas, lírios, samambaias e orquídeas podem ajudar a remover os compostos orgânicos voláteis (COVs). Estes COVs são poluentes de ar originados dos pesticidas, aditivos de pintura, produtos em aerossol e produtos de limpezas, que podem causar danos à sua saúde.

Durante os anos de 1980, a NASA conduziu estudos com plantas que são cultivadas dentro de casa, na tentativa de achar uma maneira de purificar o ar dentro das estações espaciais. Os testes foram feitos em câmaras seladas que continham poluentes como formol, benzeno e tricloroetileno, presentes no ar das residências através de tintas, vernizes, madeira prensada, adesivos e outras fontes. E os resultados foram positivos.

Muitas dessas plantas são tropicais e eficientes em capturar luz e gases necessários para a fotossíntese. Devido a essas características, elas têm um grande potencial em capturar outros gases, incluindo os perigosos para a saúde.

Complemento que além dos benefícios citados na matéria, deixa o ambiente mais bonito, agradável e permitimos um tempo para nós mesmos ao dedicar diariamente alguns minutinhos de cuidado às plantas em casa!

9 de Setembro de 2009 by Liliane Moraes | 1 comment